domingo, 26 de agosto de 2018

Somente atualizando depois de um mes fora do ar

Oi gente tudo bem? Os dias passam rapido demais desde que chegamos aqui, ja se passou mais de um mes que estou aqui e agora que estou conseguindo me organizar..... digo com a minha vida pessoal sabe? Preciso definir dias e horarios para estudar ingles sozinha, preciso encontrar uma escola legal para comecar estudar, eu quero fazer tanta coisa e o tempo esta voando. Bom o que eu posso dizer e que estou amando minha familia, sao 3 kids e eu trabelhei duro no summer, mas agora elas estao indo para escola todos os dias e eu tenho um break durante a semana. Vejam como esta meu schedule:


Schedule When School is Closed
(mid-June – mid-August; Other Days Per School Calendar)
Schedule When School is Open
(mid-August – mid-June; Except Days When School is Closed During the Year)

Monday to Friday: 8:15 am - 5:15 pm

Monday to Friday: 8 am - 9 am and 3 pm - 6 pm (one night per week we will ask you to work until 8 pm)

Two to three Saturdays per month: approximately 2 to 5 hours (times will vary depending on schedule of children’s activities)


Sim esse tempo que tenho agora desde que as aulas comecaram e para eu fazer o que quiser. Sobre DC eu realmente nao preciso de carro para nada porque eu moro no centro e raramente au pairs nessa regiao tem carro, o metro e perfeito, tem um sistema de onibus otimo tambem e temos uber que sempre dividimos e nao sai caro. hahahaha

Eu nao tive tempo de contar aqui, mas 3 meses apos o meu match a HM me mandou um eimal dizendo que estava gravida e que o bebe iria chegar em Dezembro, porem eu so iria cuidar dele em Abril. Eu fiquei desconcertada porque sempre achei 4 criancas muita responsabilidade e tambem porque meu schedule era perfeito com bastante tempo livre durante a semana. A HM me disse que adoraria que eu ainda estivesse disposta a fazer parte da familia, mas se eu preferisse cancelar ela entenderia, claro eu nao cancelei como voces bem sabem afinal eu ja estava falando com eles ha 3 meses e nao queria comecar a procurar familia de novo, sem contar o fato idade eu nao poderia arriscar com 26 anos e mais um plus Washington DC parecia o lugar perfeito pra mim e esta sendo mesmo! Espero que ocorra tudo bem eu sei que vou dar conta, porque nao tenho escolha a nao ser pensar positivo. Bom, falando sobre schedule novamente conheco muitas meninas aqui com schedule semelhante ao meu, elas tambem tem essa flexibilidade na semana e conseguimos planejar algumas coisas para fazer. A primeira coisa que fiz foi me matricular numa academia e aqui em DC academia nao e barata, depois de muito pesquisar encontramos uma por 40 usd mensal. Aqui nos temos  community centers com aula de natacao, esquipes de corrida, etc, a cidade e perfeita para andar de bike tambem, tem um sistema de locacao de bikes semelhante ao do itau no Brasil, mas mesmo assim a bonita quer fazer academia, porque? Porque esta se entupindo de porcaria aqui kkkkk

Agora pra finalizar o post de hoje vejam a minha lista dos perrengues que ja passei aqui, porque eu sou uma pessoa que atrai perrengues nao e possivel!

- Esqueci a chave de casa no Uber e acordei meu HD para abrir a porta pra mim.
- Ja me perdi com as criancas porque o GPS nao estava funcionando
- Esqueci o stroller de fora de casa numa puta tempestade e depois nao tinha como usar e a minha kid de 3 anos chorou igual uma desesperada.
- Manchei as roupas das meninas na washing machine
- Quebrei prato da HF
- Bloquiei minha conta no banco por uma semana
- Viajei com a HF e logo no primeiro dia fui picada por uma abelha (sou alergica entao voces podem imaginar o perrengue)

Mas tenho uma boa noticia, passei de primeira no meu test para drive license aqui, pois aqui em DC a nossa PID nao vale para absolutamente nada e a boa noticia e que nao tem prova pratica e com relacao a teorica minha LCC me advertiu que era dificil e levando em conta que meu ingles e uma bosta estava morrendo de medo, mas estudei muito e passei gracas a Deus! Pretendo voltar com novidades!


Um gif da White House para voces



Aquele abraco brasileiro e ate a proxima!

quarta-feira, 25 de julho de 2018

14 dias em Washington DC

Que alegria eu sinto em dizer que vim morar nessa cidade maravilhosa chamada Washington DC.
Sao 14 dias aqui e cada vez me apaixono mais pela natureza, pelos restaurantes, pelas ruas, os monumentos, museus , parques, aqui ha sempre muita coisa para fazer, ja estou frequentando as bibliotecas publicas,  aqui o metro realmente funciona, eu nao preciso de carro pra nada, temos uber e sempre ha muitas au pairs para dividir a conta,  tambem ja conheci algumas baladas e aqui perto de casa tem uma feirinha super fofa, gente que lugar! Minha familia me recebeu super bem e eu estava frustadissima com meu pessimo ingles, a  primeira semana foi um choque, venham de mente aberta porque bate muito desespero na primeira semana e isso nao foi so comigo! Ja agora na minha segunda semana tudo esta se encaixando, tudo esta melhorando, nao estou mais insegura, fui no banco ontem sozinha abrir minha conta, tudo esta saindo como planejado gracas a Deus.
Aqui no verao faz muito calor meeeesmo, mesmo chovendo continua quente e as ferias de verao das kids realmente deixa a gente de cabelo em pe, eu nao sei me localizar muito bem aqui e tive que me virar nos trinta para levar essas criancas em tantas atividades, sem contar que as coitadas devem estar cansadas de eu pedir a elas que me mostrem o que querem comer porque eu nunca entendo kkkkk
Bom, dentre tantas experiencias boas que venho vivenciando nesse pais, ontem quando fui ao banco tive a mais impressionante, primeiro porque nao tinham aquelas portas giratorias e nem ninguem para me revistar, logo notei que tambem nao tinham filas e minha conta foi aberta em 15 minutos sendo que eu tive que fazer apenas  duas assinaturas eletronicas, nada de papelada e burocracia, ai a Personal Banker foi comigo ate o caixa eletronico e me ensinou depositar o dinheiro o qual apareceu no mesmo instante na minha conta e como se nao bastasse a gentileza dela e a paciencia com meu ingles ruim, assim que cheguei em casa recebi um email dela me oferecendo suporte e ficando a disposicao para esclarecer quaisquer duvidas. Foi pratico, rapido, facil e fui bem tratada apesar de eu ser apenas mais uma imigrante nesse pais.
Bom gente nao existe pais pefeito, mas que existe paises muito mais evoluidos ahhh isso existe sim, inclusive as pessoas tem sido super pacientes e educadas aqui, nao tenho do que reclamar, fora isso  caipirinha e churrasco mandam saudade todos os dias kkkkkkk

Tirando o fato da comida ruim, estou amando morar aqui, viva ao USA!
Xoxo,

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Cheguei na Terra do Tio Sam

Oi pessoal, tudo bem?

Primeiramente: Como voces devem imaginar os erros de portugues nesse texto sao devido ao idioma do notebook da minha host family kkkk

Segundamente kkkkk: Realmente torna-se bem complicado a questao do tempo desde que chegamos aqui na America. E muita informacao para digerir, a cultura diferente, muito esforco para entender idioma, muita coisa para organizar e por lugar, tem os amigos e familia do Brasil que querem saber como voce esta, tudo muito intenso e louco e apenas hoje 11 dias depois da minha chegada que tive tempo para escrever.

EMBARQUE E CHEGADA EM NYC
Bom, como foi o embarque? Realemente um misto de sentimentos, eu estava feliz e triste ao mesmo tempo, mas sou grata pela minha familia e amigos que fizeram a maior bagunca no aeroporto kkkkkk
Eu ia chegando no aeroporto e ja via outras meninas com a camiseta da experimnto e era so alegria. Apenas 7 meninas da experimento embarcaram de Delta no dia 08 de julho (eu era uma delas) ainda bem que a Delta tem Wi-fi apos a decolagem do aviao, pude ir falando com minha familia enquanto viajava. Chegamos em NYC as 7hs da manha e ja encontramos um rapaz com a plaquinha da APIA e nos esperamos cerca de mais uma hora pelas menina que voaram de TAM porque estava faltando uma menina, nos fomos conduzidas para um  onibus e esse onibus nos levou ao hotel, inclusive o hotel era muito bom por sinal.  Vejam algumas fotos da minha despedida no aeroporto...






TREINAMENTO
Cheguei em NYC no dia 09 e o treinamento iniciou dia 10 e acabou dia 11.Claro que no treinamento eu tinha que me esforcar muito para entender o que a palestrante estava falando, confesso que as vezes eu me distraia porque nao e facil ficar atenta a tudo, pois e tudo muito novo e nos temos muita informacao para absorver, mas ja sinto saudade daqueles dias parece que faz tanto tempo, fiz tantas amizades, foi muito bom! No primeiro dia chegamos muito cansadas, mas partimos para NYC, o sol no verao se poe cerca de 9pm, entao deu para aproveitar muito, fomos na Times Square, no Central Park e vimos aqueles shows de Hip Hop na rua, nossa como foi bom! Fomos comer no McDonalds e claro porque era o unico lugar que sabiamos o que pedir (one Big Mac ) kkkk...Fui a NY apenas com um grupo de brasileiras, mas no hotel fiz amizade com meninas de varios lugares do mundo, o maior grupo de meninas eram da Alemanha e Brasil.
No segundo dia comecou o treinamento das 08am ate 5pm, tinha um cafe da manha bom, o almoco eu nao achava muito bom ate chegar aqui na HF e ver que eles nao comem quase nada e querer muito a comida do treinamento. Mas foi tudo bem, nesse dia fizemos o tour por NYC e minha familia pagou o meu, a unica coisa que compensou foi o Top of the Rock porque o passeio e bem fraquinho, se vc for morar perto de NYC e nao ganhar da familia o tour nao pague por isso, serio nao vale a pena, volte com calma depois. Tinha piscina no hotel tambem, mas eu nem fui ver, algumas meninas aproveitaram bem. No ultimo dia o treinamento foi ate as 2pm e tivemos que nos depedir das amigas (momento drama kkk), mas foi um pouco triste sim, foi tudo muito rapido e intenso. Primeiro chamaram as meninas que iriam pegar voo, depois as meninas que iriam de trem (minha vez) e depois aquelas que iam de onibus e entao eu parti para DC. Ahh sobre o quarto do hotel, tem duas camas de casal e uma de solteiro, sao para 3 meninas, no meu quarto fiquei apenas com uma alema, vejam as fotos abaixo.

 Central Park
 Loja M&Ms NYC
 Times Square
 Quarto do hotel 




 Top of the Rock

Trem para DC

Bom gente e isso, depois voltarei com mais novidades, as criancas estao na Nap, mas logo vao acordar  e preciso voltar a minha vida real de au pair. 

Xoxo

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Pré embarque

Eu não acredito que meu intercâmbio está prestes a acontecer, isso é muito louco porque ainda não caiu a ficha, quando será que vai cair?

Eu estou trabalhando, mas ao mesmo tempo não estou aqui, meu pensamento está longe, tento aproveitar o tempo com a minha família pensando em viver mais um dia comum, no entanto sempre vem aquela reflexão de que logo estarei longe e tenho que aproveitar cada momento  como se fosse o ultimo dia, coisas a organizar na mala e na cabeça, eu diria as emoções que aliás são muitas para organizar, eu li tanto blog de Au Pair que eu nem acredito que na real eu que estou escrevendo a minha história, SIM, desde que decidi fazer um blog, como assim? Como tive essa ideia, e como isso se concretizou? Nem lembro..... 

Sabe o mais estranho? Sem duvida viver tanta coisa ao mesmo tempo e só hoje parar para refletir que isso está ficando meio crazy, veja bem, eu falo com a minha família americana como se fosse tão natural ir para um lugar desconhecido morar com pessoas desconhecidas e trabalhar para elas, quando  na verdade não  é tão normal assim. São tantas perguntas e ao mesmo tempo são tantas respostas que não quero ter, eu quero descobrir, me descobrir. Estou passando o maior tempo possível com a minha gata – a Meg – sabendo que isso é bom porque não sei quando a verei de novo, por outro lado é ruim porque pode ser que ela sinta a minha falta e não quero que ela sofra, no trabalho que estive durante longos 9 anos não quero despedida, mas poxa quando terei a oportunidade de rever essas pessoas queridas novamente? Quero ver neve, quero fazer uma road trip pela Califórnia, quero saber tudo sobre em DC como eu sei sobre São Paulo, quero ir para NY num fds comum como se fosse algo mais natural nessa vida, quero entender séries em inglês sem legenda, quero abraçar as kids quando recebo uma foto da HM (mesmo sabendo que americanos não são fãs de abraço),  quero falar do Brasil para as pessoas nos EUA como falo da minha Bahia e do Nordeste aqui em Sampa e tem mais tantas outras coisas que não sou capaz de expressar. É uma loucura tudo isso, mas é uma loucura boa tentar organizar esse turbilhão de sentimentos, é maravilhoso, sabe porque? Cheguei até aqui onde exatamente queria chegar (So, Thanks God for everything), engraçado que quero tanta coisa que até acho estranho eu não estar ansiosa para o embarque, porque eu quero mesmo que os dias passem devagar para eu continuar mentindo pra mim mesma que meus dias aqui no Brasil com a minha rotina tão cômoda não estão se esgotando.



Se vocês querem uma definição para esse momento pré embarque, eu digo: Eu não sei definir! 

Só posso dizer que estou muito, muito feliz mesmo, isso com toda certeza! Vejam eu colei isso na minha mesa do escritório quando comecei planejar o Au Pair, tem como não estar feliz agora? 


Apesar de mentir pra mim mesma as vezes eu reconheço que o meu objetivo  está se cumprindo e enfim viverei meu sonho, finalmente não irei mais sonhar sentada na cadeira do escritório, pois já dizia Belchior: VIVER É MELHOR DO QUE SONHAR!

Xoxo,

segunda-feira, 14 de maio de 2018

I have a match and I got my visa

Sim genteeeeee, pelo título vocês já podem deduzir: Deu tudo certo!



É só neste momento que a sua ficha irá cair, vai passar um filme na sua cabeça e você terá vontade de chorar de felicidade!!!! Porque? Seu visto será aprovado! Acredite!

Fui no CASV no domingo e foi tudo muito rápido, você pode entrar com o celular, mas tem que estar desligado. O Horário foi agendado para às 12:15, fui chamada no horário e não demorei nem 20min lá dentro. Entrei, peguei uma fila que estava super rápida, tirei a foto e fiz a biometria, pronto fui embora. Simples assim.

Já no consulado eu compareci no dia seguinte, uma segunda-feira, sou de São Paulo. Cheguei com 30min de antecedência, mas diferente do CASV estavam atendendo por ordem de chegada, então fui para uma fila imensa e lembro que foi por volta das 09:50min quando entrei e sai de lá por volta das 10:20min.
A entrevista foi muito rápida, a cônsul não estava com uma cara de bom humor (segunda-feira né kkkk) e ainda por cima negou o visto de uma menina antes de mim que na verdade não sei se era Au Pair, pois anteriormente ela havia acabado de aprovar um visto de Au pair, eu sei disso porque ouvi o rapaz falando sobre a Host Family dele.
Graças a Deus estava bem tranquila, não fiquei nervosa e tive aquele leve frio na barriga com aquela sensação de que já tinha dado tudo certo, nada comparado com o meu primeiro Skype que eu quase tive dor de barriga, isso sim foi foda! hahahahaha

As perguntas foram as seguintes:

Consul: Qual o tipo de visto?
Eu: Au pair

Em seguida em inglês:

1- Você fala inglês?
2 - Para onde você vai?
3 - Quantas Kids?
4 - O que você você pretende fazer quando voltar?
5 - Quantos anos você tem?

Durante a segunda pergunta a cônsul  já estava assinando o DS2019 e eu explodindo de alegria, ai ela me olhou e perguntou:  O que você você pretende fazer quando voltar?
Eu comecei a gaguejar e perguntei de novo: Me desculpe, você quer saber o que vou fazer quando voltar ao Brasil? Foi assim porque bateu uma insegurança, eu fiquei pensando "Será que entendi direito"? Mas Graças a Deus respondi que iria encontrar um bom emprego e iniciar minha pós graduação.

E apesar das reviradas de olho dela, finalmente ouvi o que todo mundo deseja ouvir: SEU VISTO FOI APROVADO!

Eu pensei que tinha acabado, mas em seguida ela fez uma pergunta em português: Você pagou a taxa SEVIS?

Eu: Sim o comprovante está.....a Consul me cortou e disse APROVADO!

THANK YOU SUA LINDA HAHAHAHA, tá bom sem exagero, só falei um discreto obrigada e saí rindo sozinha. Mentalmente eu estava igual a esse GIF  kkkkkk




Só tenho gratidão por tudo, Deus é maravilhoso, como é bom celebrar as nossas conquistas e esforços. Eu desejo o mesmo sentimento para vocês, gratidão!

Documentos que levei no CASV: 

- Passaporte
- Página de confirmação DS160,
- Página de confirmação pagamento e instruções de agendamento


Documentos que levei ao Consulado:

- Passaporte
- Página de confirmação DS160,
- Página de confirmação pagamento e instruções de agendamento
- Levei tudo que recebi no placement pack da APIA : Comprovante de pagamento da taxa SEVIS, DS2019 e carta com os dados da Host Family
- Carteira de Trabalho
- CNH

Informação adicional: A entrevista foi no dia 07/05 e no dia 09/05 eu já recebi o e-mail dizendo que meu passaporte estava pronto e disponível para retirada, que aliás preciso agendar um horário para ir até lá, então quando você entrar no site seu status estará assim:


Saiba mais sobre o meu Match AQUI

Xoxo




quarta-feira, 2 de maio de 2018

Entrevista Consular visto J1 - Au Pair Questions

Maio chegou e esse mês é muito importante pra mim, hoje  faltam exatamente 66 dias para meu embarque só por título de curiosidade, mas não é isso que torna esse mês especial, o motivo é que terei meu visto em mãos, então que Maio seja bem vindo!!!!


E a saga do visto J1 continua...hahaha
No último post eu citei que minha entrevista seria dia 07/05, ou seja, faltam poucos dias e portanto decidi  separar as principais possíveis perguntas da entrevista consular para que você possa se preparar assim como eu, então anote tudo e estude para não faltar respostas.

Qual a principal resposta que você tem que ter na ponta da língua? Na minha opinião é a básica resposta para a pergunta que você ouve do inicio ao fim desse processo: "Porque você quer ser uma au pair?"

Why do you want to be an Au Pair?
Because I love children is a truly different experience for me. I want to improve
my English and I would like to get to know the world.

E caso aquele nervosismo terrível  e insegurança aparecerem na hora em que você for questionado...diga com calma: My English is not that good, one of the reasons I want to live abroad is to improve my English, so I am sorry for the English mistakes.
Pronto, continue, responda...se não entendeu a pergunta diga "Could you repeat please?" e siga em frente...ninguém vai reprovar seu visto porque você pediu para repetir uma pergunta né....

Mas isso não será necessário, acredite. Respire fundo várias e várias vezes, isso trará tranquilidade, nós chegamos até aqui, conseguimos se comunicar com algumas família americanas, então isso não será um problema, exceto se você deixar o nervosismo dominar a situação. Não deixe!

Chega de enrolação Danu hahahaha
Veja abaixo as possíveis perguntas (além da perrgunta citada acima):

1 - Why did you choose the United States?
2 - What do you do here in Brazil? Do you work? Do you study?
3 - What do you intend to do when you get back to Brazil?
4 - Do you study? Have you finished college?
5 - Why being fluent in English will help you in your future
career?
6 - Where are you going?
7 - How many kids will you take care?
8 - What do your Host Parents do?
9 - How many times did you talk to your host parents?
10 - What were your experiences with kids?
11 - Tell me about the Host Family you are going to.
12 - What do you parents do?
13 - Who is paying for your program?
14 - Do you have any siblings?
15 - Where would you like to go in the United States?
16 - Where did you learn how to speak English?
17 - Do you know how to drive?
18 - What are the reasons would you get back to Brazil after your year as an Au
Pair?
19 - Do you want to study there? Will you study there? What do want to study?
Where will you study?
20 - How good do you speak English?

Vejam os detalhes sobre a minha entrevista consular neste link I have my match and I got my visa.

É isso ai, boa sorte!!!

Xoxo